12 janeiro, 2014

0

Férias de Verão

                                     

Férias!! É o que eu mais esperava e finalmente chegou. Fiz um monte de planos,pensei em sair com a patty, ir para praia, curtir um shopping , se encontrar com a galera da escola, fazer uma festa bombada na minha casa e ir dormir 4hs da manhã e acordar uma hora da tarde. Mas, minha mãe vem com a notícia de que vamos ir para Manaus. Eu achei uó. E fiquei mil vezes implorando para que ficássemos aqui, mas ela disse que não. Eu pensei,pensei,pensei. Até que não seria má ideia eu ir para lá e mudar o que tinha planejado, mas aí eu lembrei da minha prima, uma pirralha chata de 7 anos. E então rapidamente gritei a minha mãe e implorei novamente e sabe o que ela disse? -NÃO. -_-
Ai eu fiquei revoltada e fiz uma birra chata, liguei para a patty chorando de ódio e a patty ficou rindo de mim. Então eu desliguei na cara dela.Eu fiquei pensando no passeio em que a turma ia fazer e eu não ia estar presente. E imagina passar as férias todas em Manaus e não ver a cara linda do Lucas. É triste :( . Só porque eu finalmente tomei coragem de aceitar o pedido que ele fez, a gente já tinha ficado, foi numa festa da escola, mas de depois disso nós não ficamos mais. E então ele pediu uma chance para continuar comigo sério e quem sabe um dia namorar.
Tá, eu to parecendo uma adolescente de 14 anos eu sei. Eu tenho 17. (Como se fosse adulta ser 3 anos mais velha -_-)
Minha mãe está me gritando o que será.
-Fernanda você não está ouvindo a campainha tocar não ?
-Não, vou lá atender.
-Eu vou dar uma saidinha com seu pai e devo demorar um pouco.
-Tá.
Momento perfeito para eu fazer uma festa uma festa, ai meu Deus a pessoa está esperando na porta.
Quando eu abro a porta eu me deparo com o LUCAS! Eu to P-A-S-M-A. O que ele está fazendo aqui?
-Oi Lucas.
-Oi Camila, preciso falar com você.
AI MEU DEUS! Ele vai pedir para namorar comigo. Nervosa. Coração acelerado. Pensando em mil maravilhas. Posso levar ele para Manaus também. Oh, meu Deus eu to pensando com a boca aberta e ele está aqui na minha frente.
-Pode falar Lucas.
-Então eu vou ser bem objetivo, a gente não se gosta para namorar e eu estou ficando com uma garota e estamos super bem e está dando super certo e eu acho que estou gostando dela. Me desculpa. Eu espero que você não fique chateada.
-Imagina Lucas.(eu estava chateada e quem disse que eu não gosto dele?!) Está tudo bem. Eu estou com um menino também. ( mentira :/ )
-Sério que bom! Estou feliz por você estar bem. Mais agora tenho que ir. Até mais Camila.
-Até. ( A minha vontade era bater a porta, mas , não bati para ele não perceber que eu estava com ódio dele) Fui fechando a porta lentamente com um sorriso de uma orelha a outra e quando finalmente fechei a porta totalmente pulei no sofá e desabei, eu queria ligar para a patty e contar tudo, mais preferi que ninguém soubesse. E então passaram-se horas e mais horas e eu chorando, daí teve uma hora em que eu parei de chorar e fui arrumar minhas malas, para ir para a chatice da casa da minha tia em Manaus.
-Cheguei! Alguém em casa ?
-Não, tem um fantasma serve?
-Camila, preparou as malas filha?
-Sim.
-Eu tenho uma notícia.
Mais uma notícia hoje, acho que não é pior da que recebi hoje a tarde.
-Fala, mãe.
-Não vamos mais para Manaus.Vamos para Rio das Ostras. O amigo do seu pai deu as chaves para ele passar as férias lá, porque eles vão para recife.
-Ok, só isso ? Vou dormir.
-É sim, ta animada?
-To, super. ul o/.
(eu não estou, mais pelo menos é melhor do que ir para Manaus e ver minha prima chata, pelo menos tem praia em Rio das Ostras)
Acordei 3hs para sairmos bem cedo, não sei porque a necessidade de sair tão cedo, eu mal dormi e já acordei.
Entramos no carro umas três e meia e quatro e meia enfim entramos na estrada, eu to com muito sono, mas não consigo dormir, fico pensando no que Lucas me disse. E também não daria de jeito nenhum para dormir com a cantoria da minha mãe, mais que música chata '-----------------'.
-Quem dera eu ser um peeeeixe...
-Chega tá? Você já pode parar, para eu dormir.
-Mais essa música é tão legal.
-Só para pessoas que nasceram em 1920. '-'
-Olha, respeite.
-Falei nada de mais.
E o silêncio reinou dentro do carro e eu acabei dormindo mesmo. Quando acordei vi que já estava entrando em Rio das Ostras e então percebi que tinha dormido muito. Passou mais algum tempinho e chegamos no condomínio.

                                                               CONTINUA...

Feito por: Virgínia Adler
Fato não verídico
Qualquer semelhança é mera coincidência.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada!volte Sempre!