16 maio, 2013

0

O Último Beijo

                                                            

Ainda me lembro bem,daquele seu último beijo.Era o mais quente,o mais cheio de vida 
Lembro-me daquele seu olhar que me envolvia com um simples piscar de olhos.
Sei que não queríamos que acabasse,mas tinha era o destino .São dois caminhos diferentes e temos que segui-lo.
Agora quero recordar tudo,detalhe por detalhe,pois sei que tudo,absolutamente tudo,vleu a pena.
Mas agora desabafando nesse pequeno,pedaço de papel,quero relatar desde o primeiro olhar ao último beijo.
Confesso que quando entrei no orfanato,pensei que minha vida tinha acabado,pois com a morte dos meus pais,não tria forças pra viver,pois eles eram a minha vida.
Mas aí vi você e senti algo que nunca havia sentido antes.E por um momento,meu mundo parou,e nele só havia uma pessoa...VOCÊ!
Quando levei um choque de realidade ao ouvir os gritos maléficos daquela inspetora chata.Era ela Madalena a aversiva e mal-humorada inspetora do orfanato THE KEPLEEN em NOVA ORLEANS,onde minha vida começara a recomeçar.
No primeiro dia de aula  conheci você,JUAN BRAGA MELLO.
No segundo viramos melhores amigos.Mas na verdade não era bem isso que u queria e para você acho que também não.
As semanas passaram depressa e algo nos pegou de surpresa.
Ainda me pergunto como aquele esqueleto da aula de ciências caiu!?.Só pode ser o,Destino.Pois bem,nos ajudou muito,quando corremos ara levantá-lo nosso olhares se encontraram e em seguida nossos lábios se tocaram ,por um segundo parecia que eu não pertencia a esse mundo.
Logo três meses se passaram muito depressa,e uma notícia não muito boa,porém,marcou nossas vidas.
A cada dois anos os responsáveis de cada família do país vinham visitar ou adotar crianças do rfanato THE KEPLEEN.
Como sempre escolhiam bebês ou crianças,pensei que ficaria ali no orfanato até completar idade suficiente para trabalhar e me tornar independente.
Mas o inesperado aconteceu,um casal muito simpático de FLÓRIDA vieram em direção a mim e começaram a me interrogar,assustei-me um pouco,mas logo me entrosei e identifiquei-me com com os dois.
Um mês depois a inspetora veio até a mim,avisar-me que aquele casal queria me adotar.Confesso que fiquei um pouco assustada,mas logo pesei no quanto poderia ser bom para mim.
Mas aí lembrei do JUAN,não ia deixa-lo.
Fui correndo avisá-lo do acontecido e principalmente,que eu não iria,pois não queria deixa-lo.
Ele como sempre descordou de tudo,disse que isso seria uma chance de minha vida melhorar.
Por dois segundos calei-me e logo concordei com tudo o que ele disse.Marcamos de nos encontrar na mesma sala onde ocorreu nosso primeiro beijo,ali seria a nossa despedida e porém,o nosso último beijo.
No dia seguinte,segui minha jornada,mas fui até o local combinado.Para mim foi muito difícil a despedida,mas pelo menos íamos lembrar de tudo que passamos.
Depois eu tentei continuar,como se nunca tivesse o conhecido.
Estou acordada mas meu mundo ainda etá meio adormecido.Eu peço ara que meu coração para de doer.
Mas sem você minha vida ficará INCOMPLETA!!!
Aqui memórias de L.Q.


                                                                              Escrito por:Virgínia Adler 
                                                                                                                               Fato não verídico.                                 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada!volte Sempre!